Nitrogênio líquido subsidiado pelo Governo de Rondônia facilita o melhoramento genético do rebanho

o veículo tem capacidade para transportar 1250 litros de nitrogênio líquido

Porto Velho, RO -
Produtores de leite em Rondônia recebem nitrogênio líquido produzido e distribuído pela Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia – Emater/RO, para abastecer as botijas de armazenamento de sêmen, utilizadas na inseminação artificial de suas matrizes. O caminhão criogênico da Emater/RO, tem capacidade para transportar 1250 litros de nitrogênio e iniciou a distribuição do produto, na quinta-feira (17), pela região da Zona da Mata.

A logística adotada prevê a entrega de até 1000 litros do nitrogênio aos técnicos e produtores, que levam suas botijas para serem carregadas no ponto de distribuição, no caso, as sedes dos escritórios regionais da Emater-RO, na viagem inaugural do caminhão criogênico, o centro de distribuição escolhido foi o escritório regional de Rolim de Moura. Esta estratégia evita as longas viagens em caminhonetes, transportando as botijas vazias para serem carregadas nas usinas de produção, localizadas em Ouro Preto do Oeste e Porto Velho.

DISTRIBUIÇÃO

O nitrogênio produzido e distribuído pela Emater/RO tem subsidio do Governo de Rondônia, que reduz o custo para o agricultor familiar em mais de 50%. Esta ação atende, prioritariamente, os produtores assistidos por meio dos projetos Inseminar e Consultec, concebidos pela Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri e executado pelos técnicos da Emater/RO, a fim de melhorar a genética do rebanho e a produção leiteira do Estado.


As botijas são recarregadas com nitrogênio a cada 45 dias

O planejamento de distribuição do nitrogênio em cada região, estabelece uma agenda que prevê um ciclo de 45 dias para o reabastecimento das botijas com nitrogênio líquido, respeitando-se desta forma, a capacidade de produção das usinas e a logística de distribuição do produto, dando garantia e segurança à manutenção da qualidade do armazenamento de organismos vivos, conservados em temperaturas ultra baixas, em torno de 180 graus negativos.

O fornecimento regular de nitrogênio líquido aos criadores de gado de leite, é a medida de curto prazo mais eficiente para promover o melhoramento genético do rebanho leiteiro, através das técnicas de inseminação artificial e fertilização in vitro (five), principais ações desenvolvidas pelos projetos Inseminar e Consultec, criados pelo governo do Estado, com a finalidade de promover a qualidade e produtividade leiteira em Rondônia.


Fonte: Governo de Rondônia

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem