Vacinação contra a gripe, sarampo e 4ª dose contra a covid-19 iniciam em Porto Velho

Unidades de saúde e Porto Velho Shopping ofertam os três imunizantes

Porto Velho, RO - A campanha de vacinação contra a gripe já começou nas unidades básicas de saúde e no Porto Velho Shopping. O município também iniciou a imunização contra o sarampo ao mesmo tempo em que mantém a aplicação das doses contra a covid-19.

Pessoas a partir dos 60 anos são contempladas na primeira fase da campanha

Na primeira fase de vacinação contra a influenza, dois grupos prioritários são contemplados: pessoas com mais de 60 anos e os trabalhadores da saúde, já a do sarampo atende a crianças de 6 meses a 5 anos de idade e profissionais da saúde.

Além das campanhas em vigor, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) segue ofertando também a vacina contra a covid-19, inclusive para crianças a partir de 5 anos. Idosos a partir de 60 anos já podem receber a 4ª dose do imunizante.

Na Unidade de Saúde Nova Floresta, zona Sul da cidade, a procura na última segunda-feira (4) foi bastante variada. “A demanda aumentou. Há muita procura tanto para sarampo e gripe, quanto covid. Nos dois períodos tivemos muitos atendimentos”, disse o gerente da unidade, Enivaldo Junior.

Com todas as vacinas reunidas em um único lugar ficou muito mais fácil para as famílias buscarem a proteção. Enquanto Oscarina Rodrigues de Lima, de 64 anos, recebia a 4ª dose da vacina contra a covid, o filho dela, João Rodrigues, tomava a dose de reforço. Ambos completaram o esquema vacinal conforme determina o Ministério da Saúde.

Doses contra a covid-19 continuam sendo ofertadas nas unidades de saúde

“Vacinar é muito importante. A vida é boa demais. A gente acha que com essa idade já não pode mais aproveitar ela, mas eu quero viver muito mais”, disse a aposentada.

Já Sebastião completou três doses da vacina contra a covid em dezembro. Como ele ainda não atingiu o prazo de quatro meses para o intervalo entre a terceira e quarta dose, ele foi até a unidade em busca da vacina contra a gripe.

“Toda imunização é importante para a saúde da pessoa. Eu tenho diversos problemas de saúde, como pressão alta e diabetes, então qualquer vacina para mim é fundamental”, disse o aposentado.

Para ter direito à vacinação é indispensável a apresentação de documento pessoal e, quando possível, do cartão do SUS e cartão de vacinas. 

No caso de trabalhadores da saúde incluídos nas campanhas, estes devem apresentar algum documento que comprove o exercício da profissão. Cerca de 60 mil idosos e 25 mil trabalhadores da saúde devem ser atendidos nesta etapa da vacinação contra a gripe.

Posteriormente, outros grupos serão incluídos. O calendário será divulgado pela Semusa.


Fonte: Prefeitura de Porto Velho

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem