6/recent/ticker-posts

Produtores de Porto Velho serão contemplados com tecnologia de genética leiteira

 

Mais de 300 produtores serão atendidos com o uso da nova tecnologia

Porto Velho, RO - Empregando inovação e tecnologia no campo, o município vem fortalecendo ações voltadas ao pequeno produtor rural. A estratégia garante a manutenção da economia e do setor agropecuário de Porto Velho.

Com esse propósito, os produtores da pecuária leiteira passarão a contar com genética leiteira de ponta, fruto de um convênio firmado entre a gestão municipal e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Segundo o secretário adjunto da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Semagric), Gustavo Serbino, trata-se de um investimento total de R$ 500 mil para disponibilizar mais de 1.800 procedimentos de inseminação artificial e mais 132 procedimentos de transferência de embrião.

“Esse investimento já foi empenhado e, nos próximos dias, daremos início aos trabalhos. Além disso, o período chuvoso é propício, pois é o período de maior reprodução das vacas. Hoje, no município, temos uma grande produção leiteira, contudo, a média por vaca ainda é baixa.

Esse projeto vai trazer, em médio prazo, uma grande melhora na produção. Esperamos em poucos anos, mais do que triplicar a produção por animal”, detalhou.

O secretário adjunto da Semagric destacou, ainda, que o projeto é absolutamente sustentável, pois o aumento da produção por animal não demandará a abertura de novas áreas, otimizando o que já é utilizado.

Ao todo, mais de 300 produtores serão atendidos com o uso da inovação, gerando a disseminação dessa genética em cada região. Ou seja, os animais continuarão se reproduzindo já com uma genética superior.

O projeto é idealizado pelo Sebrae em cenário nacional e com parceria entre os municípios. Em Rondônia, a primeira parceria feita foi com o município de Porto Velho. 

O titular da pasta, Vinícius Miguel, destacou que o acompanhamento técnico está sendo feito pela secretaria, desde a seleção dos produtores até o suporte específico.

"Temos um grande papel nesse processo, pois sabemos da relevância que trará não somente para os pecuaristas, como também para o crescimento da cadeia produtiva e, consequentemente, refletido no giro da economia em nossa região”, declarou.

Fonte: Por SMC/Texto: Jaqueline Malta, Foto: Semagric, 25/11/2021

Postar um comentário

0 Comentários