O presidente da Câmara Municipal de Porto Velho, vereador Edwilson Negreiros, do PSB, parabenizou o Hospital de Amor Amazônia, conhecido popularmente como Hospital do Câncer, por disponibilizar o excedente da produção de sua usina de oxigênio às unidades de saúde pública de Rondônia. 





O comunicado foi emitido em nome do presidente da Fundação PIO XII, instituição mantenedora do Hospital de Amor da Amazônia, Henrique Duarte Prata, e assinado e endossado pelo médico Jean Negreiros, diretor-executivo da entidade. 

Sobre o gesto, Edwilson Negreiros avaliou: “É de suma importância que entidades como o Hospital de Amor da Amazônia se coloquem à disposição da sociedade para ajudar também no combate à pandemia. 

E isto, através da Fundação PIO XII, foi feito”. E concluiu: “O Coronavírus (COVID-19/SARS-CoV-2) já tirou a vida de muita gente, infelizmente. E vimos que, por ausência de planejamento e outras questões de governança, o estado-vizinho, o Amazonas, sofreu por falta de oxigênio. Rondônia não chega a este extremo por ora, porém é importantíssimo que já haja a disponibilidade de oxigênio a mais do que a previsão inicial a fim de que, caso seja necessário, já esteja à disposição do nosso povo. 

Portanto, Henrique Prata e Jean Negreiros estão de parabéns pela condução na tomada de decisão”, finalizou. Para que as unidades recebam as recargas precisam solicitar agendamento prévio através do telefone (069) 98122-0008. 

O Hospital de Amor Amazônia ressalta que cada unidade pública deverá dispor do próprio cilindro e terá de se responsabilizar pelo transporte. CONFIRA O COMUNICADO E SAIBA COMO SOLICITAR OXIGÊNIO (É NECESSÁRIO AGENDAMENTO PRÉVIO):