Pfizer inicia a entrega das vacinas bivalentes contra COVID-19 ao Ministério da Saúde


Imunizantes serão utilizados como dose de reforço e marcam um novo momento na vacinação contra COVID-19

Porto Velho, RO - A data de hoje marca o início da chegada ao Brasil das doses da vacina bivalente contra a COVID-19da Pfizer/BioNTech. A primeira entrega realizada nesta sexta-feira (9/12) ao Ministério da Saúde contempla 1.4 milhão de doses da vacina bivalente, adaptada à variante Ômicron BA.1. Duas novas entregas acontecem no domingo (11/12) e segunda (12/12), totalizando ao redor de 4.5 milhões de doses nesta semana.

Até o dia 19 de dezembro, está prevista a entrega de mais 4.4 milhões de imunizantes, somando por volta de 8.9 milhões de vacinas disponibilizadas. Ainda é esperada a entrega de cerca de 27.4 milhões de doses da vacina bivalente adaptada às variantes Ômicron BA.4/BA.5, completando assim aproximadamente 36.3 milhões de doses da vacina bivalente entregues ao longo de dois meses.

Aprovadas no dia 22 de novembro pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para uso emergencial, as vacinas bivalentes estão indicadas para dose de reforço na população de 12 anos de idade ou mais.

“Estamos em um novo momento da pandemia, que segue em curso em todo o mundo, com mutações constantes do vírus e aumento de casos pelas novas variantes de preocupação. Diante disso, enfatizamos a importância de manter o esquema vacinal atualizado, incluindo as doses de reforço”, diz Adriana Polycarpo Ribeiro, diretora médica da Pfizer Brasil.

Nos estudos clínicos, as vacinas bivalentes demonstraram resposta imunológica robusta para as variantes Ômicron em circulação (BA.1 e BA.4/BA.5), e para outras variantes de preocupação, incluindo o vírus original, e as novas sublinhagens atualmente em circulação. Assim como a vacina original, elas mantêm um bom perfil de segurança e tolerabilidade. As vacinas bivalentes contra a COVID-19 virão com uma tampa com coloração diferente – cor cinza, para ajudar na diferenciação frente às outras apresentações do produto. Outra novidade é que essas versões do imunizante não precisam de diluição para aplicação.

Vale ressaltar que a vacina monovalente original segue disponível para uso imediato nos postos de saúde e continua sendo importante instrumento no combate à COVID-19, seja como esquema primário, assim como dose de reforço.

Até o momento, a Pfizer já distribuiu mais de 3,9 bilhões de doses da vacina ComiRNAty para cerca de 181 países e mais de 261 milhões de doses ao Brasil.

Cronograma das primeiras entregas:

Lote Data de entrega Quantidade (Doses)

1 9 de dezembro (sexta-feira) 1.440.000

2 11 de dezembro (domingo) 1.668.400

3 12 de dezembro (segunda-feira) 1.440.000

Grandes Avanços que Mudam as Vidas dos Pacientes

Na Pfizer, usamos conhecimento científico e recursos globais para trazer terapias que prolonguem e melhoram significativamente as vidas das pessoas. Buscamos estabelecer o padrão de qualidade, segurança e valor na descoberta, desenvolvimento e fabricação de produtos para a saúde, incluindo medicamentos e vacinas inovadores.

Todos os dias, os colegas da Pfizer trabalham em mercados desenvolvidos e emergentes para o progresso do bem-estar, da prevenção e de tratamentos que desafiam as doenças mais temidas de nossos tempos. Somos uma das maiores empresas biofarmacêuticas de inovação do mundo e é nossa responsabilidade e principal função colaboramos com profissionais de saúde, governos e comunidades locais para promover e ampliar o acesso a cuidados confiáveis e acessíveis com a saúde em todo o mundo.

Há mais de 150 anos atuamos para fazer a diferença para todos aqueles que confiam em nosso trabalho. Para saber mais, acesse nosso site: https://www.pfizer.com.br/, siga-nos no Twitter: @Pfizer e @Pfizer News, LinkedIn, YouTube e curta nossa página no Facebook: Facebook.com/Pfizer e Facebook.com/PfizerBrasil.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem