Censo Demográfico 2022 começou nesta segunda-feira (1) em Porto Velho

Mais de 534 mil domicílios devem receber a visita dos agentes recenseadores do IBGE em Rondônia

Porto Velho, RO - Começou nesta segunda-feira (1) a coleta de dados do Censo Demográfico 2022 em todo o Brasil. A pesquisa, realizada a cada 10 anos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), vai chegar a mais de 534 mil domicílios em Rondônia. Em Porto Velho, 175 mil domicílios serão visitados.

Até o dia 31 de outubro, serão coletadas informações essenciais sobre os habitantes das zonas urbana e rural do município. Segundo o coordenador operacional do Censo 2022 em Rondônia, Jorge Elarrat, mais de 1,7 mil agentes atuarão nos próximos 90 dias.

“Os recenseadores são a peça-chave do Censo. Ele pode ser identificado pelo colete e boné azul-marinho, crachá contendo QR Code e pelo dispositivo móvel de coleta. Essa identificação permite que o cidadão reconheça nossos agentes com mais segurança para fazer o retrato mais completo da sociedade brasileira respondendo às perguntas: quem somos, como somos e como vivemos”, destacou Jorge Elarrat.

Jorge Elarrat, coordenador operacional do Censo 2022 em Rondônia

Além de ser uma importante fonte de informação sobre a atual situação de vida da população, a pesquisa também serve para verificar a distribuição populacional em todo o território nacional e o desenvolvimento do quantitativo ao longo do tempo. A pesquisa também servirá para auxiliar a tomada de decisões na criação de políticas públicas, estudos científicos e projeções nas áreas de investimentos, principalmente em relação ao setor privado.

O conjunto de informações coletados trarão resultados ligados a questões cruciais, como: O total de habitantes no país por sexo e faixa etária e distribuição no território nacional; A expectativa de vida da população; O número médio de filhos; Tipo de habitação em que vive a população; A proporção da população que tem acesso ao saneamento básico; O nível de instrução da população; As condições de trabalho e o rendimento da população; Um panorama da diversidade étnico-racial da população brasileira; A caracterização dos povos indígenas conforme a etnia e línguas faladas ou utilizadas em seus domicílios, além de dados sobre a população quilombola.

Para chegar a um consenso sobre quais questões poderão ser investigadas no Censo Demográfico 2022, o IBGE promove consultas e debates amplos com a sociedade brasileira e órgãos técnico-governamentais. Com a conclusão do Censo, o Brasil vai dispor de informações necessárias para realizar melhores planejamentos e investimentos públicos.


Fonte: Prefeitura de Porto Velho

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem