Ondas de calor ameaçam a China nos próximos dias

Pico acentuado de temperatura é esperado para amanhã

Porto Velho, RO - A China deve sofrer com o retorno de mais ondas de calor nos próximos 10 dias, de leste a oeste do país, com algumas cidades costeiras já em seu nível mais alto de alerta e regiões do interior alertando sobre riscos de ruptura de barragens devido ao derretimento de geleiras.

Um pico acentuado de temperatura é esperado para amanhã (23), antes de se transformar em ondas de calor, definidas como períodos de clima atipicamente quente de três dias ou mais.

A previsão é que as novas ondas de calor sejam semelhantes às registras no país entre 5 e 17 de julho, mas, desta vez, mais regiões podem ser atingidas por temperaturas superiores a 40 graus Celsius (°C), disse Fu Jiaolan, meteorologista-chefe do Centro Meteorológico Nacional.

Algumas cidades da província de Zhejiang, que abriga muitas fábricas e exportadores, emitiram nesta sexta-feira (22) alertas vermelhos, os mais altos em um sistema de alerta de três níveis, prevendo temperaturas de pelo menos 40°C nas próximas 24 horas.

A carga na rede elétrica nacional pode atingir um novo recorde neste verão, à medida em que a demanda pelo uso do ar condicionado em residências, escritórios e fábricas aumenta, com o sistema enfrentando "testes severos", alertou o Ministério de Gerenciamento de Emergências.


Fonte: Agência Brasil

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem