Suspeito de matar empregado por café fora do horário está foragido

A vítima tera discutido com o chefe por intervalo para o café. O empregador acabou o apunhalado com ferramenta de trabalho

Porto Velho, RO - O homem suspeito de matar Marcelo Camilo durante o horário de trabalho, no Rio Grande do Sul, ainda está foragido.

A vítima, de 36 anos, foi assassinada durante o expediente em uma empresa de revestimentos metálicos e manutenção industrial. A polícia trabalha com a suspeita de que o homicídio tenha sido cometido pelo chefe de Marcelo.

O motivo seria o intervalo para o café, o que causou briga entre a vítima e o chefe. A empresa nega essa versão. A arma do crime teria sido uma ferramenta de trabalho.

Segundo o delegado André Serrão, da delegacia de São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, diligências estão sendo conduzidas para localizar o suspeito e levá-lo para prestar esclarecimento junto às autoridades.

A corporação trabalha para reunir material e pedir mandado de prisão contra o acusado. Não divulgaram a identidade do foragido.

Marcelo é velado em Novo Hamburgo, também na Grande Porto Alegre, e será sepultado em Segredo, na região central do estado, onde a família mora. Ele deixa um filho.


Fonte: Diário da Amazônia 

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem