Evacuação é suspensa em zona afetada por acidente nuclear no Japão

Altos índices de radiação preocuparam população

Porto Velho, RO - Antigos moradores de parte de um bairro perto da usina nuclear Fukushima 1, no Japão, palco de um acidente em 2011, puderam voltar a suas residências pela primeira vez em 11 anos.

Uma área de mais de 300 quilômetros quadrados, cobrindo sete municípios na província de Fukushima, ainda está designada como zona de difícil retorno.

O governo japonês suspendeu hoje (12) a ordem de evacuação para uma parte do vilarejo de Katsurao.

Veículos puderam passar por uma estrada que leva ao local, após trabalhadores removerem as barricadas.

Moradores do bairro Noyuki, que representa 20% do município, tiveram de abandonar suas casas devido aos altos níveis de radiação após o acidente.

Prioridade

Parte equivalente a 6% do bairro recebeu prioridade como zona especial para trabalhos de descontaminação e projetos de infraestrutura.

Representantes do vilarejo afirmam que 82 pessoas de 30 famílias estão registradas como moradoras, mas somente oito membros de quatro famílias expressaram até o momento o desejo de retornar.

O prefeito de Katsurao, Shinoki Hiroshi, afirmou que os antigos habitantes tiveram de passar por várias dificuldades, vivendo como desabrigados por mais de 11 anos. Concordou ser difícil decidir sobre voltar ou não, mas disse esperar que o local se torne um lugar onde as pessoas possam viver com tranquilidade.


Fonte: Agência Brasil

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem