Chanceler russo cancela visita a Belgrado

Bulgária, Macedônia e Montenegro fecharam espaço aéreo

Porto Velho, RO - O ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, cancelou a visita que faria hoje (6) à Sérvia, depois de as autoridades da Bulgária, Macedônia do Norte e Montenegro terem vedado os espaços aéreos ao avião russo. Para Moscou, o incidente é “mais um canal de comunicação fechado”.

O chefe da diplomacia russa iria se encontrar nas próximas horas, em Belgrado, com o presidente sérvio, Aleksandar Vučić. Entretanto, o avião que o transportaria até a Sérvia não recebeu luz verde para cruzar os espaços aéreos dos três países, informou o jornal sérvio Vecernje Novosti.

Sérvios e russos mantêm relações próximas – baseadas em laços históricos e culturais. Moscou tem sido, por exemplo, o esteio de Belgrado no seio do Conselho de Segurança das Nações Unidas, ao bloquear o completo reconhecimento da independência do Kosovo.

Os laços são também comerciais. A economia sérvia é completamente dependente do petróleo e do gás russos.

A invasão russa da Ucrânia levou a União Europeia a fechar o espaço aéreo a companhias aéreas da Rússia.

Reeleito para um segundo mandato em abril, o presidente sérvio acusou a Ucrânia e um país-membro da União Europeia, que se recusou a nomear, de terem orquestrado um conjunto de falsas ameaças de bomba contra aviões da companhia Air Serbia. Acusação que Kiev classificou de “sem fundamento”.

Vučić surge assim como o rosto de um país dividido entre a candidatura à UE e a tradicional aliança com Moscou Em maio, o presidente sérvio acertou com Vladimir Putin a continuação do abastecimento de gás natural russo ao país.


Fonte: Agência Brasil

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem