Movimento Maio Amarelo é lançado em Ariquemes; evento contou com participação da população

Movimento Maio Amarelo é oficialmente aberto em Ariquemes , com participação de parceiros

Porto Velho, RO -
O Movimento Maio Amarelo 2022 foi aberto oficialmente na manhã de segunda-feira (2) na cidade de Ariquemes. A campanha coordenada pelo Departamento Estadual de Trânsito – Detran/RO, tem por objetivo colocar em pauta o tema da segurança viária e mobilizar o Poder Público, iniciativa privada e a sociedade civil para debater o assunto, buscando soluções para que o trânsito seja mais seguro e humanizado para todos. O evento aconteceu no auditório da Ciretran do município e contou com a presença de autoridades, empresários e sociedade civil.

A diretora-geral adjunta do Detran Rondônia, Benedita Oliveira, agradeceu a presença de todos e principalmente dos alunos da Escola Estadual Ricardo Cantanhede, ressaltando que eles serão os futuros condutores.

Especialista em trânsito, Benedita Oliveira, falou sobre a importância do Movimento Maio Amarelo para trazer em discussão, um assunto interessar a todos, uma vez que ninguém consegue viver sem fazer o uso do trânsito, seja na condição de pedestre, ciclista, motociclista ou condutor de veículo. “Estamos aqui para falar sobre acidente de trânsito, do número de pessoas que perdemos todos os dias”, destacou.

O diretor Técnico de Educação de Trânsito – Dtet, Ruymar Pereira, destacou a presença dos parceiros nas ações educativas e o apoio do Governo de Rondônia, por meio da direção da autarquia aos projetos desenvolvidos no sentido de preservar a vida no trânsito.


Campanha tem por objetivo reduzir sinistros e mortes no trânsito

Ele esclareceu na abertura do evento, que o principal objetivo do Movimento Maio Amarelo é salvar vidas e que ninguém está proibido de ingerir bebida alcóolica, de se divertir, mas que dirigir sob influência de álcool, isso sim, é proibido, por que colocar em risco a própria vida e a de terceiros.

O vice-prefeito de Ariquemes, Aner Gabriel Amaral, destacou que a importância do lançamento da campanha no município, que busca preservar a vida no trânsito. Falou sobre a parceria entre os órgãos e do alto índice de acidentes e mortes no trânsito no Brasil, e da má combinação álcool e direção. “Tivemos em Ariquemes no mês passado um elevado número de mortes no trânsito”, lamentou.

Aner Gabriel Amaral falou sobre a união entre o poder público, iniciativa privada e sociedade civil organizada, para alinhamento de ações, até mesmo envolvendo jovens e crianças. “O município de Ariquemes está à disposição para somar com as ações do Movimento Maio Amarelo e de outras ações do Detran para evitar acidentes e mortes no trânsito”.

O diretor Técnico de Fiscalização e Ações de Trânsito – Dtfat e coordenador da Lei Seca em Rondônia, Welton Roney Nunes Ribeiro, ressaltou a seriedade da ação de fiscalização de trânsito para a Segurança Pública.

“Este ano, o Detran em parceria com a Polícia Militar -PMRO e a Polícia Civil – PC, já flagranteou pelo crime de trânsito 462 pessoas; número que aumentou nesse final de semana porque em Porto Velho, só na sexta-feira (29) foram flagrantedas 32 pessoas, que testaram teor alcóolico acima de 0,33 mg de álcool no sangue; teor que a lei trata como crime de trânsito”, ressaltou o coordenador da Lei Seca em Rondônia.

Welton Roney disse ainda que mesmo sabendo que álcool e direção não combinam, a ciência trouxe um limite para autuação, onde a capacidade psicomotora fica alterada. “A pessoa nessa condição perde os reflexos e está muito mais sujeita a se envolver em sinistros de trânsito”.


Dados estatísticos comprovam que a maioria dos sinistros de trânsito são causados por imprudência

A coordenadora de Educação de Trânsito – CET, Glauce Abreu, apresentou a palestra, “Maio Amarelo: Trânsito Seguro Depende de Nós”, alertando sobre a importância de cada pessoa fazer sua parte, para um trânsito mais seguro e humanizado.

A servidora, Vavá de Castro, que trabalha com bonecos de fantoche, levou uma mensagem bem humorada, por meio do personagem “Didico”, que faz a alegria das crianças e adulto, sobre ter responsabilidade no trânsito.

O evento também contou com a participação especial dos alunos da Guarda Mirim, projeto desenvolvido pela Polícia Militar de Rondônia.

DADOS ESTATÍSTICOS

Dados estatísticos do Detran Rondônia, revelam que durante o período pandêmico, o trânsito no Estado ficou mais letal, mesmo registrando redução no número de acidentes.

Os índices de 2019/2020 foram comparados pela Coordenadoria de Registro Nacional e Estatística de Sinistros de Trânsito – Renaest do Detran, comprovando reduções significativas na quantidade de sinistros; número de envolvidos e de vítimas não fatais; já a quantidade de vítimais fatais registrou aumento de 10,32% no período.

Os dados também mostram o comparativo de 2020/2021, em que houve o registro de redução de 1,55% no número de acudentes de trânsito; aumento de 6,58% no número de envolvidos; de 3,16% de vítimas não fatais e de 5,04% de vítimas fatais.

A Renaest comparou ainda os dados estatísticos fazendo referência entre 2019/2021, que revelam redução de 22,67% no número de sinistros de trânsito em Rondônia; registrou redução também de 8,31% no número de pessoas envolvidas em acidentes e de 17,26% no número de vítimas não fatais. Quanto às pessoas que morreram em sinistros de trânsito, foi registrado aumento de 15,87% no comparativo 2019/2021.

SUPOSTAS CAUSAS

Especialistas em trânsito em Rondônia, acreditam que com a suspensão das atividades educativas e de fiscalização nas ruas durante o período da pandemia do coronavírus, que iniciou no dia 20 de março de 2019, quando foi decretado Estado de Calamidade Pública em Rondônia, para fins de prevenção e de enfrentamento à pandemia, contribuiu para o aumento de acidente e mortes no trânsito.

Período em que com menos veículos nas ruas, os condutores abusaram na velocidade, na falta de atenção e no desrespeito à legislação de trânsito.


Fonte: Governo do Estado de Rondônia 

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem