“Tudo Aqui” realiza mutirão de emissão de identidade para autistas de Rondônia

As unidades do “Tudo Aqui” atenderam exclusivamente pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) neste sábado, 2

Porto Velho, RO - No Dia Mundial de Conscientização do Autismo, 2 de abril, as unidades do “Tudo Aqui” de Ariquemes, Ji-Paraná, Porto Velho e Rolim de Moura realizaram atendimento exclusivo para pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e emissão do selo que identifica o autista e garante atenção integral.


Mãe de Artur soube da ação pelas Redes Sociais

O superintendente Estadual de Gestão de Gastos Públicos Administrativos (Sugesp), Carlos Lopes falou sobre a ideia de reservar o dia de conscientização para emitir documentos. “Esse público, por ser especial, precisava de um momento para eles. 

Então aproveitamos a data de conscientização para fazer uma ação voltada exclusivamente para eles nos cinco “Tudo Aqui” do Estado de Rondônia. A ideia é atender mais de 270 pessoas com a emissão da carteira de identidade”, disse.

Amanda Evelyn é mãe do Artur de três anos, que tem autismo grau dois, ela conta que ficou sabendo da ação pelas redes sociais, separou os documentos e agendou o atendimento. “Essa identidade vai ajudar muito porque vou parar de andar com os exames dele e pode ajudar futuramente um benefício que vai ajudar tanto ele, quanto eu com os gastos”, contou.

Aline Almeida, também é mãe de um Artur também de 3 anos, que tem autismo grau leve, ela agradeceu pela ação. “Como agora ele vai ter a identidade vai ser mais prático porque não vamos ficar precisando andar com certidão de nascimento nem laudo. Eu não agendei mas consegui ser atendida. Essa ação vai ajudar muitas mães”, destacou.


RG com selo TEA dispensa apresentação de outros documentos

A coordenadora do “Tudo Aqui”, Simone Bruisman, destacou que o documento será emitido e entregue depois de oito dias úteis em Porto Velho. Já nos municípios do interior o prazo será de 15 dias úteis.

A Carteira de Identidade (RG) com o selo (TEA) foi instituída com base na Lei Federal nº 13.977, de 8 de janeiro de 2020 (Lei Romeo Mion), com o objetivo de viabilizar o atendimento prioritário para esse público visando a diminuição da burocracia, que exigia apresentação de laudo médico para fins de comprovação, fato que demandava tempo para conferência da autenticidade.


Fonte: Prefeitura do Estado de Rondônia

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem