Tom Brady fala pela primeira vez sobre volta da aposentadoria: 'Ainda havia espaço para mim'

Quarterback reconhece que está no fim da carreira, mas lamenta fim amargo de temporada em despedida pelos Buccaneers

Porto Velho, RO - Pouco mais de um mês após anunciar o fim de sua aposentadoria e o retorno ao futebol americano, o quarterback Tom Brady falou pela primeira vez em detalhes sobre a decisão. Aos 44 anos, o atleta do Tampa Bay Buccaneers, da NFL, diz que se sentiu seguro na parte física para retornar.

— Eu sabia que meu corpo, fisicamente falando, poderia continuar fazendo o que fazia. Obviamente, eu amo e acredito que sempre amarei esse jogo. Acredito que conseguirei (atuar bem) fisicamente. Senti que ainda havia espaço para mim no campo — afirmou ele, em entrevista à emissora ESPN — No fim, eu amo competir.

A última temporada teve um final amargo e precisaremos de muitas correções para melhorar e nos colocarmos em uma posição de progresso.

A temporada de despedida de Tom Brady terminou com uma derrota para o Los Angeles Rams — que eventualmente seria campeões — na semifinal da Conferência NFC, em janeiro. Em fevereiro, o heptacampeão e três vezes MVP (melhor jogador) da NFL anunciou a aposentadoria. Em março, mudou de ideia.

Ele explicou que a decisão envolveu conversas com a família e com o ex-técnico dos Bucs, Bruce Arians. Brady reconhece que a carreira está no fim e que sacrifícios precisarão ser feitos.

— Sei que não tenho muito tempo, de verdade. Reconheço que estou no fim da carreira. Queria poder seguir para sempre, mas não é assim, e o futebol americano cobra um preço alto agora. Meus filhos estão crescendo e está cada vez mais difícil perder essas coisas. Mas quero dar a mim, aos meus companheiros e a nossa franquia outra incrível oportunidade de conseguirmos algo do qual possamos nos orgulhar.


Fonte: O GLOBO

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem