Motoristas de aplicativo em Porto Velho participam de oficinas de inglês e espanhol no “Estação Turismo”

Objetivo é capacitá-los para atender a turistas estrangeiros que chegam em Porto Velho

Porto Velho, RO - Em mais um ato de capacitação ao trade turístico de Porto Velho, 60 motoristas de aplicativos participaram de oficinas de inglês e espanhol durante o 10º dia de programação do “Estação Turismo”. O evento ocorre até o dia 30 de abril no Porto Velho Shopping.

O evento é executado pela Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur). As oficinas presenciais foram ofertadas em parceria com a Escola de Idiomas CNA no espaço de eventos.

As oficinas já estavam no calendário da Semdestur, mas foram impossibilitadas devido à pandemia da covid-19. A demanda surgiu por parte dos próprios condutores. “Agora tivemos a oportunidade de criarmos um momento integrado com todo trade turístico local, por isso, conseguimos inserir essa capacitação para motoristas de aplicativo em inglês e espanhol na nossa programação”, explicou.

IMPORTÂNCIA

Para a secretária, as oficinas são de grande importância nesse momento de retomada das atividades turísticas. Ela entende ser necessário preparar Porto Velho para esse novo começo, já que o turismo é o quarto maior setor econômico do mundo e a cidade precisa estar pronta para receber potenciais consumidores.

Ação faz parte da capacitação do trade turístico do município

“Os motoristas de táxi ou por aplicativo são os primeiros contatos do turista junto a Porto Velho e possuem um papel essencial para o turismo da cidade, e é normal que recebam passageiros estrangeiros. Falar de forma funcional o inglês e espanhol possibilita a esses profissionais receber melhor o turista e apresentar nossa cidade de forma clara. Além de possibilitar a eles que desenvolvam uma rede de contatos de nível global”, destacou a titular da Semdestur.

CAPACITAÇÃO

As oficinas foram conduzidas por cinco professores de idiomas da Escola CNA, divididas em dois momentos: o primeiro para a língua espanhola e o segundo para o inglês. Eles aplicaram uma didática funcional para o atendimento ao turista por meio de palavras-chaves relacionadas a cumprimentos, pagamentos, dúvidas sobre locais a serem visitados e orientações quanto a entrada e saída do veículo, entre outras.

“A gente aceitou essa parceria na hora, porque é algo que a gente preza. Nossa cidade tem espaços riquíssimos e pouco explorados. A gente pode auxiliar para que mais pessoas possam conhecer esses pontos turísticos, principalmente aquelas que são de fora. Facilitar a comunicação do turista estrangeiro com as pessoas daqui é imprescindível”, comentou Natanael de Oliveira, um dos professores de idioma.

APROVAÇÃO

Para a motorista de aplicativo Lorena Sampaio, as oficinas foram de extrema importância para que ela possa melhorar muito mais o atendimento aos usuários da plataforma para a qual trabalha. “Eu já passei por uma saia justa por não ter o domínio da língua estrangeira. Com esse curso eu tenho certeza que só vai agregar na minha vida profissional para que eu possa dar um atendimento de qualidade e poder me comunicar com o estrangeiro ou com quem quer que seja”, afirmou.

Sócia de uma plataforma de aplicativo de mobilidade urbana, Marilene Noleto também enalteceu a iniciativa. “Esse curso é muito importante para nossos motoristas mostrarem que Porto Velho tem sim pontos turísticos. São eles que rodam por toda cidade e precisam dessa informação para atender bem as pessoas que aqui chegam”, completou.


Fonte: Prefeitura de Porto Velho

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem