Comissão técnica do Brasil ganha o mundo e vai observar 31 convocáveis para Copa do Catar; confira nomes

Tour oferecerá a chance de seleção ver de perto maior ameaça no Grupo G

Porto Velho, RO -
A comissão técnica da seleção brasileira vai rodar por estádios na Europa e no Brasil para observar jogadores com potencial de convocação para a Copa do Mundo do Catar. Serão 31 convocáveis vistos de perto, alguns envolvidos em disputas equilibradas por um espaço na lista do Mundial.

Serão 14 partidas em 16 dias. A maior concentração delas na Inglaterra. Jogadores considerados certos na Copa do Mundo serão observados, como os goleiros Alisson e Ederson, o volante Fabinho e o atacante Raphinha. Fred, do Manchester United, também é figura bem encaminhada para o Catar, mas sofreu lesão muscular e não deverá atuar na partida contra o Arsenal.

O clássico em Londres, marcado para o próximo sábado, deverá ter três jogadores que ainda tentam um lugar mais firme no grupo de Tite. Alex Telles, lateral-esquerdo do United, tem chances de ir ao Mundial. Gabriel Magalhães, do Arsenal, é candidato à quarta vaga na zaga. Martinelli entrou na briga por espaço no ataque depois de boas entradas nas últimas partidas da seleção nas Eliminatórias.

Outra partida importante será entre Liverpool e Everton, domingo. Ela colocará em lados opostos Roberto Firmino e Richarlison, concorrentes diretos pela condição de centroavante da seleção na Copa. Allan, volante do Everton, disputou a Copa América de 2019 e esteve nos primeiros jogos nas Eliminatórias. Perdeu espaço, mas em caso de lesão dos concorrentes, pode retornar.

É o mesmo caso de Douglas Luiz, que será visto de perto na partida do Aston Villa contra o Norwich. Naturalmente, o jogador olhado com mais carinho no duelo será Phlilippe Coutinho, xodó de Tite. Mas DG acumulou bons minutos nas Eliminatórias. Se um imprevisto acontecer com Casemiro ou Fabinho, tem chance de ser chamado.

Os primeiros jogos das semifinais da Champions serão acompanhados de perto pela comissão técnica. Especialmente o duelo entre Manchester City e Real Madrid pode trazer novas impressões para a seleção. 

Gabriel Jesus tenta recuperar o melhor futebol com Pep Guardiola e assim voltar a ser lembrado por Tite. Do outro lado, terá dois concorrentes por espaço no ataque, Vini Jr. e Rodrygo. Eder Militão e Casemiro estão muito bem encaminhados.

Na Itália, o jogo entre Juventus e Fiorentina colocará Danilo, Alex Sandro e Arthur mais próximos do foco da comissão técnica. O primeiro é figura praticamente certa no Mundial. Os outros dois estão na briga. Arthur Cabral, da Fiorentina, tem poucas chances de ir à Copa, mas está no radar. É o oposto de Antony, atacante do Ajax, que também será observado e que tem muito crédito para ser lembrado.

Por aqui no Brasil, a comissão técnica prioriza jogos de Flamengo e Palmeiras. O clássico desta quarta-feira colocará Everton Ribeiro, Gabigol e Pedro, de um lado, e Weverton e Raphael Veiga, de outro. Todos os eles, com exceção do goleiro palmeirense, são considerados pouco prováveis no Mundial.

Outro que também deve assistir à Copa pela TV é Renato Augusto, do Corinthians. Quem tem chance remota é Nino, do Fluminense, e Edenilson, do Internacional. O primeiro, zagueiro, foi chamado para os Jogos de Tóquio e agradou. Edenílson tapou buracos ao logo das Eliminatórias e precisa estar apostos, caso o Tite precise dele.

Completa a lista Guilherme Arana, do Atlético-MG. É um dos jogadores que atuam no país com maior chance de ir ao Catar. O lateral-esquerdo estará na partida contra o América-MG.

Chance de ver grande ameaça

As partidas proporcionarão à comissão técnica a chance de observarem adversários do Brasil na Copa do Mundo. O mais perigoso deles é o centroavante da Juventus, o sérvio Vlahovic. Ele deverá estar na partida contra a Fiorentina. Soma 27 gols em 38 partidas na temporada.

Outros jogadores da Sérvia, também no Grupo G da Copa do Mundo, que serão vistos de perto são o zagueiro Milenkovic, da Fiorentina, Matic, do Manchester United, e o atacante Tadic. A seleção também deverá ver os suíços Xhaka e Zacaria.


Fonte: O GLOBO

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem