Agentes de segurança de Rondônia concluem curso de aperfeiçoamento

Casa Militar busca habilitar agentes de segurança com as melhores técnicas do País

Porto Velho, RO - Com a missão de ter agentes de segurança mais aperfeiçoados, o Governo de Rondônia investe na capacitação de profissionais que atuam na área, e nesta segunda-feira (11) vinte e oito deles concluíram o Curso de Segurança de Autoridades – Segaut. A cerimônia de formatura ocorreu no Palácio das Artes, em Porto Velho. Esta 4ª edição do curso teve início no dia 14 de março e foi finalizada no último sábado (9).

‘‘A Casa Militar nunca ofereceu tantos cursos, a exemplo deste que garante os profissionais a estarem mais habilitados em desempenhar as suas funções, em um papel tão importante de salvar vidas. Isso acontece em um momento em que o Governo está fazendo as forças de segurança estaduais estarem melhores do que já eram. Agradeço a cada um pela dedicação. Ficamos felizes de ver nossos profissionais ficando mais preparados, e o Estado mais forte; resultado de um trabalho com dignidade e responsabilidade com o recurso público, e que reflete em investimentos em diversas áreas’’, afirma o governador de Rondônia, Marcos Rocha.


Governo de Rondônia reforça investimento à Segurança Pública

O investimento no curso é de mais de R$ 56 mil e incluiu instruções sobre segurança de dignitários; escolta a pé e motorizada; cerimonial e etiqueta; missões helitransportadas; planejamento e precursão; defesa pessoal; salvamento e segurança das instalações; atividades de inteligência; varredura de ambientes e prevenção contra atentados e ameaças de explosivos; condução policial automotiva; Atendimento Pré-Hospitalar (APH) tático; armamento, munição e tiro; sobrevivência urbana; combate veicular e atividades simuladas.

‘‘Temos uma preocupação de habilitar e profissionalizar os agentes de segurança, então estamos investindo em docentes para que tragam para esses cursos o que há de melhor no estado de Rondônia e no Brasil. Estamos hoje certificando aqueles que foram vencedores, pois iniciamos com uma seleção rígida que foi exigido condicionamento físico, condicionamento psicológico e também adestramento em tiro’’, explica o secretário-chefe da Casa Militar, coronel PM Valdemir Goes.


Tenente coronel Bruno Ranconi Bezerra, do NOA, destacou a importância do curso na prestação de um serviço de qualidade

DESEMPENHO

Os alunos destaques foram homenageados na cerimônia, assim como aqueles que se sobressaíram na 3ª edição do curso realizado ainda em 2020. A classificação de melhor rendimento do 4º curso de Segurança de Autoridades foi atribuída à cabo Josiane Umbelino Quinto. ‘‘É muito importante para nós adquirir esse conhecimento, pois assim conseguimos oferecer um bom serviço para as autoridades’’, avalia.

Quem também destacou o benefício da capacitação foi o tenente-coronel Bruno Ranconi Bezerra, do Núcleo de Operações Aéreas (NOA). ‘‘A importância desse curso é vital, pois visa não só conhecimentos técnicos na área policial, mas também de resgate e salvamento, uma série de técnicas de suma importância para o agente de segurança desempenhar um excelente papel na proteção de autoridades’’.

Participam do curso, 21 policiais da Casa Militar; um sargento da Base Aérea de Porto Velho; um tenente-coronel da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec); três policiais de setores diversos da Polícia Militar; um sargento da Assessoria Militar do Ministério Público e um oficial de segurança do Ministério Público. Além de um oficial da Polícia Militar do Estado do Amapá.


Um dos instrutores do curso, o tenente-coronel BM Andrade Júnior, aponta alto rendimento da turma

Para o tenente-coronel BM Andrade Júnior, um dos instrutores do curso, assessor bombeiro militar do Tribunal de Justiça – TJ/RO, que ministrou a disciplina ‘‘Salvamento e Segurança das Instalações’’, os profissionais dedicaram-se para extrair o melhor aproveitamento do curso.

‘‘Essa é uma disciplina muito importante para quem realiza segurança de autoridades, pois em um momento de urgência saberá como fazer o salvamento, como por exemplo: aplicar técnicas de salvamento aquático se o veículo cair em um rio, ou mesmo, se durante o itinerário a autoridade passar mal, saberá como proceder para reanimar a pessoa, ou ainda desengasgar com segurança. Assim também saberá como proceder para proteger a autoridade em caso de incêndio no prédio. Percebemos nele um grande comprometimento com as atividades, desempenho e capacidade diferenciada’’, avalia.

Também estiveram presentes o secretário sub chefe da Casa Militar tenente coronel PM​ Alexandre Gonçalves Viana, secretário da Sesdec, José Hélio Cysneiros Pachá; o comandante-geral da Polícia Militar, PM James Alves Padilha; e Adriana Rocha, mãe do soldado PM Rômulo Felipe Rocha dos Santos, agente de segurança, que faleceu em acidente de trânsito este ano, e teve a prestação de serviço reconhecida pelo Governo de Rondônia.


Fonte: Prefeitura do Estado De Rondônia

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem