Novo líder do ranking, russo Medvedev pede paz após invasão à Ucrânia


No mesmo dia em que foi confirmado como novo número 1 do mundo, o tenista viu seu país entrar em guerra e fez apelo por paz

Porto Velho, RO - O tenista russo Daniil Medvedev disse que quer promover a paz em todo o mundo após um "dia de montanha-russa" quando ele foi confirmado como novo número um do mundo e seu país invadiu a Ucrânia.

Atual campeão do Aberto dos Estados Unidos, Medvedev entrou em quadra em Acapulco, no México, horas após a derrota de Novak Djokovic nas quartas de final em Dubai, o que significa que o russo o substituirá no topo do ranking masculino na segunda-feira. Ele disse que não foi fácil assistir ao noticiário.

"Sendo jogador de tênis, quero promover a paz em todo o mundo", afirmou o jogador de 26 anos após chegar às semifinais do torneio ATP 500 ao derrotar o japonês Yoshihito Nishioka.

"Jogamos em tantos países diferentes. Estive em tantos países diferentes como júnior e como profissional. Não é fácil ouvir todas essas notícias. Sou a favor da paz."

O compatriota de Medvedev Andrey Rublev, sétimo classificado do mundo, fez dupla com o ucraniano Denys Molchanov para conquistar um título de duplas em Marselha na semana passada.

"Isso foi incrível, porque acho que as pessoas precisam ficar juntas e isso é o mais importante", disse Medvedev, referindo-se à parceria entre Rublev e Molchanov.

"Neste momento, você entende que o tênis às vezes não é tão importante", disse ele, embora acrescentando que estava focado em vencer sua partida.

"Definitivamente não foi fácil jogar e estou feliz por ter conseguido vencer o jogo. Foi um dia de montanha-russa."

Fonte: R7

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem