Corpo de Bombeiros Militar orienta população quanto aos cuidados em balneários na semana de carnaval


Balneários, rios e piscinas são os locais mais visitados nos períodos de férias e feriados prolongados

Porto Velho, RO - A semana de carnaval se aproxima e com isso, eventos e atividades voltadas para esse período também. Com a proibição do carnaval de rua nos municípios, boa parte da população deve procurar outras formas de lazer. O Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia (CBMRO), orienta a população para os devidos cuidados durante as atividades recreativas.

Balneários, rios e piscinas são os locais mais visitados nos períodos de férias e feriados prolongados. O comandante do grupamento de busca e salvamento, tenente BM José Feliciano dos Santos Filho, orienta evitar o uso de bebidas alcoólicas ou qualquer outra substância que reduza o senso de perigo e a coordenação motora. Ele também explica sobre o cuidado e a atenção redobrada com crianças.

CUIDADOS COM CRIANÇAS

Nunca deixar a criança sozinha quando ela estiver próxima de água;
Baldes e bacias com água devem ficar fora do alcance de crianças;
Crianças devem ser observadas a cada segundo, mesmo em piscinas plásticas e banheiras e
Mantenha brinquedos do lado de fora do rio ou piscina

PRIMEIROS SOCORROS
  • Caso a pessoa tenha se afogado, e ao ser resgatada não estiver respirando, a massagem cardíaca deve ser a primeira medida até o socorro médico chegar ou até a pessoa voltar a respirar. A massagem cardíaca em crianças de até cinco anos deve ser feita com dois dedos no meio do mamilo e com pouca compressão. Já em crianças com mais de cinco anos, pode ser feita com as duas mãos e com compressão maior;
  • Se após o afogamento, a pessoa estiver respirando, é preciso deixá-la respirar, tossir, vomitar, até que volte ao normal. Caso seja uma criança, vire-a de lado para ela não aspirar o vômito;
  • Se a pessoa bateu a cabeça e está inconsciente no chão, não mexa na pessoa e chame socorro;
  • Se bateu a cabeça e está sangrando, pegue uma toalha e estanque o sangue;
  • Se bateu a cabeça e está consciente, deixe-a quieta e observe.
  • Além de todos esses cuidados primários, acionar o Corpo de Bombeiros deve ser a medida mais importante a ser feita. Os chamados são atendidos pelo 193.
EVENTOS E FESTAS

Outras atividades nesse período, são os eventos e festas mais reservadas ou particulares. O coordenador de atividades técnicas, major BM Helvio Ferreira, reforça a importância das vistorias em edificações e outras necessidades em eventos com locais fechados.

“Nesse período, não iremos ter os eventos de carnaval. Os eventos temporários, que acontecem esporadicamente nos finais de semana, devem ter passado por uma vistoria e precisam estar regularizados com o Corpo de Bombeiros. Até o momento, não temos problema com nenhum estabelecimento, mas é algo que será inspecionado”, conclui o Major.

  • Ao frequentar esses locais, deve-se ficar atento aos seguintes itens de segurança:
  • Procure se informar sobre a lotação máxima da casa. Deve haver uma placa que informa o número de pessoas em local bem visível, de preferência na entrada do recinto;
  • Deve haver luzes de emergência que indicam o caminho das escadas e das saídas de emergência;
  • Localize as saídas de emergência. A quantidade e a posição onde devem ser colocadas são determinadas por uma avaliação técnica do CBMGO. Em hipótese alguma elas podem estar obstruídas;
  • Nos locais com lotação superior a 200 pessoas as portas destinadas às saídas de emergência devem ser dotadas de barras antipânico;
  • Deve haver extintores de incêndio distribuídos de tal forma que uma pessoa não percorra, em geral, distância superior a 25 metros para alcançá-los;
  • Em caso de emergências, ligar no 193.

Texto: João Antônio Alves
Fotos: Esio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem