Vereador registra boletim de ocorrência após circular boato de que teve pênis preso em mulher

Valter Rodrigues, conhecido como Piriquito da Água, compõe a Câmara Municipal de Santo Amaro (BA)

Porto Velho, RO - 
Moradores de Santo Amaro (BA) se viram diante de uma fofoca e tanto recentemente que, no final das contas, gerou uma queixa à polícia por difamação. Começaram a circular nas redes sociais mensagens contando que o vereador Valter Rodrigues, conhecido como Piriquito da Água, havia tido o órgão sexual preso a uma mulher, parando até no hospital.

Ciente do rumor, o parlamentar usou seu perfil no Instagram nesta terça-feira para negar essa informação, bem como alertar que "estão sendo tomadas as devidas providências judiciais".

De acordo com a assessoria de comunicação do vereador, o boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Santo Amaro "para a apuração dos fatos e responsabilização dos culpados". A equipe classificou os boatos como "notícias totalmente falsas, sem qualquer conexão com a realidade e que, claramente, possuem o único e nefasto objetivo de causar prejuízo à imagem do Sr. Piriquito".

"Vale lembrar que a produção e divulgação (inclusive de quem compartilha em redes sociais, como o WhatsApp) de informação falsas com intuito difamatório é crime previsto no Art. 139 do Código Penal, que prevê, inclusive detenção de até um ano a quem o comete, podendo gerar, ainda, responsabilidade civil, através da respectiva indenização por danos", destacou em comunicado, acrescentando que "o compartilhamento de notícias falsas (fake news) deve ser repudiado e punido com severidade e rigor, sobretudo por causar prejuízo e sofrimento não só à vítima, mas também aos seus familiares".

A nota conclui dizendo que o vereador deposita sua confiança na investigação do caso, com a "certeza de que tal situação lamentável não passará impune".

Fonte: O Globo

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem