Mães recebem ligação avisando que filhos estão enterrados em cemitério clandestino


Porto Velho, RO - Na tarde desta terça-feira (04), o Portal CM7 Brasil recebeu a denúncia de que Danilo Monteiro de Nazaré, de 21 anos, e Francisco Adriano Viana da Costa, de 23, estavam enterrados em um cemitério clandestino do município de Iranduba (distante 27 quilômetros em linha reta de Manaus).

Denúncia esta que partiu da mãe de uma das vítimas, que está tendo que conviver com o medo, dor e angústia de não achar o corpo do filho.

De acordo com informações, os jovens supostamente vendiam drogas no município e desapareceram no dia 31 de dezembro de 2021, após saírem para fazer uma entrega de entorpecentes.

Após os dois sumirem, os familiares ficaram extremamente preocupados, foi quando as mães de Danilo e Francisco receberam uma ligação que informava que ambos já estavam mortos e onde estavam enterrados.

A família então acredita fielmente que os jovens foram assassinados por membros de facção, e agora só esperam localizar os corpos para encerrar essa triste história.

O Portal CM7 Brasil então se deslocou até o município e acionou o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas para desenterrar os cadáveres e pôr um fim no sofrimento das mães.

As buscas ainda são realizadas em um terreno baldio, nas proximidades de um escadão, no bairro Graça Lopes, onde supostamente funciona um cemitério clandestino para desova de corpos. Vale ressaltar que no bairro Graça Lopes também funciona o Cemitério Municipal de Iranduba.

Assista a reportagem completa.



Fonte: Portal CM7

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem