VALE-GÁS - Com cidades embaixo d’água, Bahia tem vale-gás antecipado para esta 2ª

 

Moradores de municípios da Bahia e de Minas Gerais que foram atingidos por fortes chuvas receberão auxílio nesta segunda-feira (27/12)

Porto velho, RO
 - O vale-gás começa a ser pago nesta segunda-feira (27/12) pela Caixa Econômica Federal a moradores de 100 municípios da Bahia e de Minas Gerais que decretaram estado de calamidade por causa das chuvas (veja a lista das cidades mais abaixo).

A medida foi tomada pelo governo na última semana após os estragos decorrentes dos temporais nos dois estados.

A partir de 18 de janeiro, o Ministério da Cidadania iniciará o pagamento a todas as 5,8 milhões de famílias elegíveis para receber o benefício.

O programa criado para ajudar as famílias carentes a lidar com a inflação do gás de cozinha será repassado para beneficiários do Auxílio Brasil, que poderão usar cartões e senhas desse programa para ter acesso aos R$ 52 extras a cada dois meses. O calendário de saques é o mesmo do Auxílio Brasil.

O governo havia prometido começar a pagar o vale-gás ainda em dezembro de 2021, mas acabou adiando a liberação do dinheiro para a segunda quinzena de janeiro. A previsão é que o benefício seja pago durante cinco anos.

O aumento do preço do botijão de 13 kg, que passa de R$ 100 em todo o país, motivou o Congresso e o Executivo a lançarem esse novo programa social.

Os critérios para receber o vale-gás são:

ser uma das famílias inscritas no Cadastro Único;
ter renda per capita menor ou igual a meio salário mínimo;
fazer parte de família com membros recebedores do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Terão prioridade para receber o vale-gás os beneficiários do Auxílio Brasil com menor renda per capita e com maior quantidade de integrantes na família.

Veja o calendário completo de pagamento, que segue a ordem do número final do NIS de cada beneficiário:

Final do NIS Data de pagamento
1 —————- 18 de janeiro
2 —————- 19 de janeiro
3 —————- 20 de janeiro
4 —————- 21 de janeiro
5 —————- 24 de janeiro
6 —————- 25 de janeiro
7 —————- 26 de janeiro
8 —————- 27 de janeiro
9 —————- 28 de janeiro
0 —————- 31 de janeiro




Pagamento por causa das chuvas


O governador da Bahia, Rui Costa (PT), decretou, nesse domingo (26/12), situação de emergência em mais 47 municípios devido aos estragos causados pelos temporais que atingem especialmente o sul e o sudoeste do estado. Com isso, subiu para 72 o número de cidades nesta situação.


Além disso, foi confirmada mais uma morte, aumentando para 18 o total de óbitos provocados pelas chuvas. Pelo menos duas barragens se romperam.



Segundo a Defesa Civil da Bahia, os temporais deixaram mortos e pelo menos 4,2 mil pessoas desabrigadas.

De acordo com climatologistas, as tempestades na Bahia têm a ver com a combinação de dois fenômenos distintos.

O segundo é a formação de uma área de baixa pressão no Oceano Atlântico, próximo à região costeira do Brasil, que evoluiu para um sistema denominado depressão subtropical.

A depressão subtropical é um evento meteorológico que gira no sentido horário e é marcado pela formação de nuvens, ventos, tempestades e agitação marítima.


Segundo especialistas, a depressão subtropical é algo atípico e ainda possui condições de evoluir para uma tempestade tropical.


No dia 9 de dezembro, o governo do estado decretou situação de emergência para 24 cidades. O objetivo é mobilizar todo o aparato público para apoiar as ações de socorro à população .


Em alguns municípios, foram registradas inundações e as pessoas tiveram que deixar suas casas.


municipios que receberão vale-gás em 27 de dezembro by Metropoles on Scribd


Fonte: Metrópoles

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem