6/recent/ticker-posts

Ações da operação “Aciso” serão retomadas em Rondônia; município de Cabixi recebe equipes de voluntários em dezembro


Município de Cabixi será contemplado com ações voluntárias da operação “Aciso” em dezembro deste ano

Porto Velho, RO - Os atendimentos da operação “Ação Cívico-Social” (Aciso), coordenada pela Casa Militar do Governo de Rondônia, suspensos desde 2020, por causa da pandemia do coronavírus, vão ser reiniciados dia 4 de dezembro (sábado) no município de Cabixi, região Sul do Estado, com ações desenvolvidas na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio José de Anchieta, localizada a Avenida Guarani, 4125, com encerramento previsto no domingo (5).

O coordenador da operação, major PM Rodrigues, explicou que, o mais importante neste novo formato de operação “Aciso” é a participação de voluntários, considerados peças fundamentais para que haja por parte da comunidade o despertar para questões que não dependem unicamente do Poder Público, desenvolvendo a responsabilidade social dos munícipes.

O atendimento pela operação “Aciso”, segundo o coordenador, é realizado há anos e “atravessou” governos. Segundo ele, seguindo uma recomendação expressa do governador Marcos Rocha, o projeto foi repaginado e passou a atuar com uma rede de voluntários. Deixou de ser puxado, por exemplo, somente pelo serviço público, com exceção da prestação de serviços essenciais como emissão de documentos e realização de cadastros.

PARCERIAS

O projeto funciona atualmente mais com o suporte de instituições e entidades voluntárias. O secretário-chefe da Casa Militar, coronel PM Valdemir Carlos de Goes, ressaltou a importante parceria do Instituto Kaleo, um dos principais responsáveis pela mobilização voluntária de médicos, odontólogos e outros profissionais de saúde que se doam no atendimento aos carentes em cada nova edição da “Aciso”.

Destaque também para o engajamento da Secretaria de Estado e Ação Social (Seas), Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Tudo Aqui, secretarias municipais de saúde, educação e assistência social, Cadastro Único (Cadúnico), Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Superintendência Estadual de Comunicação (Secom), Polícia Militar (PM) e Corpo de Bombeiros Militar (CBM).

A nova fase da operação contribuiu também para reforçar as ações de civismo, realizadas com uma semana de antecedência nas escolas das redes municipal e estadual mediante a realização de palestras, hasteamento da bandeira e cântico do hino nacional.

Em Cabixi, desde 29 de outubro são realizados atos cívicos em escolas municipais e estaduais como palestras, hasteamento de bandeira e cântico do hino nacional, além de cursos profissionalizantes, que se estenderão até 3 de dezembro. “Nas escolas, a ideia é manter vivo o culto aos símbolos nacionais entre os alunos (crianças)”, disse o major Rodrigues.

ESTATÍSTICA

No município de Costa Marques, em 2019, durante os 5.103 atendimentos foram ministradas palestras para mais de 3 mil alunos de diferentes idades da rede pública. Em Guajará-Mirim, dentre os 7.996 atendimentos nas especialidades médica, odontológica, emissão de documentos, cursos profissionalizantes, vacinação e outros, foram feitas palestras em escolas da rede estadual e escolas municipais.

Postar um comentário

0 Comentários