O presidente do Sindsef/RO, Mário Jorge Sousa de Oliveira, lamenta que a cada mês, os servidores federais se deparam com retiradas de direitos


Pelo terceiro mês consecutivo, uma parcela de servidores públicos federais estão prejudicados com atrasos no depósito de seus pagamentos pelas instituições bancárias. O Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO teve conhecimento neste final de semana, de que novamente, apenas alguns servidores e pensionistas tiveram seus vencimentos pagos na data certa, enquanto outros ainda não sabem quando vão receber.


O presidente do Sindsef/RO, Mário Jorge Sousa de Oliveira, lamenta que a cada mês, os servidores federais se deparam com retiradas de direitos, dentre eles, a falta do décimo terceiro de férias; retirada por absorções de planos econômicos desde de janeiro e agora como se não bastasse, centenas de filiados são penalizados em não receberem seus proventos de forma isonômica conforme a lei.

“Essa não é a primeira vez que acontece, o sindicato tem se empenhado e muito para que haja reparação. Pois é uma total falta de responsabilidades, seja do órgão federal ou das instituições financeiras locais. Não é justo que pague o servidor com atraso, sem a devida correção, lhe causando prejuízos por pagamentos de contas com juros e outros compromissos domésticos”, criticou Mário Jorge.

O Sindsef fará mais gestão junto ao Governo Federal para identificar os principais responsáveis por esse transtorno e posteriormente dando publicidade aos seus filiados a quem interessa essa falta de respeito ao servidor.