Lula voltou e já está balançando o Centrão



O Centrão, hoje comprometido com Bolsonaro, já foi base do governo Lula na Câmara e parece ter balançado com a volta do petista ao jogo político. O deputado Paulinho da Força, presidente nacional do Solidariedade, deixou claro ao repórter Lauriberto Pompeu que o partido não apoiará Bolsonaro em 2022 e que pode optar por Lula.
A construção do projeto Lula 2022 pode ter tido um ponto de partida na tarde desta quarta (10). Na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, o ex-presidente fez um longo discurso em que, além de celebrar a decisão do STF de anular as ações da Lava Jato contra ele, atacou os pontos fracos do governo Bolsonaro. Lula foi solidário às vítimas da covid-19, empático com os desempregados e racional ao defender a vacinação e o uso de máscaras para combater a pandemia. Preencheu, assim, as principais lacunas do governo Bolsonaro.

A decisão de Fachin e a possibilidade da candidatura de Lula geraram ainda outras repercussões no mundo político. Veja na seleção de notícias que fizemos para você. Boa leitura.

João Frey
Chefe de redação

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem