]

Header Ads

Título de eleitor poderá ser regularizado pela internet

Prazo para regularização termina em maio
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atualizou recentemente as regras para que os eleitores possam votar nas eleições de 2020. Agora, é possível realizar diversos serviços pela internet, incluindo regularização da situação eleitoral, transferência do título de eleitor e até inscrição de novos votantes. Além disso, foram suspensas medidas de coleta dos dados biométricos, bem como a cancelamento do título em decorrência da falta desse dado.  No entanto, o prazo inicial para que mudanças e regularizações sejam feitas, previsto para se encerrar em 6 de maio, foi mantido. A diferença é que o comparecimento aos cartórios eleitorais - anteriormente obrigatório - foi substituído pela identificação digital – obviamente, quando possível. Uma das opções oferecidas para que a identidade do eleitor seja confirmada é o envio de selfies segurando o documento de identificação. O carregamento da foto pode ser feito pela plataforma Título Net, sistema voltado para regularização de pendências eleitorais. Esse modelo já é adotado por bancos digitais, principalmente em situações de aberturas de contas, por exemplo.

Por fim, o TSE afirma que os títulos de eleitor cancelados por fraude continuarão sem validade. Os documentos que deveriam ser suspensos pela falta de biometria serão válidos provisoriamente, perdendo a validade após as eleições municipais, previstas para acontecer em outubro deste ano. 
Título de eleitor poderá ser regularizado pela internet Título de eleitor poderá ser regularizado pela internet Reviewed by cadernodestaque on 4/21/2020 11:01:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent