URGENTE

Bloco Galo da Meia Noite está de volta a Porto Velho

Depois de dois anos sem se apresentar no carnaval de rua de Porto Velho, o Bloco Galo da Meia Noite está de volta.
Agora sob a direção do promoter e carnavalesco Aldo Lery o bloco, considerado como segundo maior de Porto Velho em foliões (só perde pra Banda), já tem programação para o carnaval 2020.
Segundo Edson Caula um dos fundadores do cordão, o Galo volta sob a direção do Aldo que deverá cumprir a vacância do mandato presidencial do saudoso Benjamim Mourão. “O Aldo assume com o compromisso inicial de cumprir o restantante do mandato do Mourão, depois disso, vamos sentar para decidir como vai ficar a administração do bloco” disse Caula.
Aldo Lery há muito tempo milita no carnaval de Porto Velho, foi da escola de samba Os Pobres do Caiari e junto com o Tony criou a escola de samba Boto Verde e Rosa, atualmente é o Presidente de Honra da Escola de Samba Acadêmicos do São João Batista e no ano passado, colaborou com o Bloco Leva Eu. “A experiência do Aldo nos respalda dizer que o Galo da Meia Noite está em boas mãos”, disse Edson Caula.
A Banda já contratada para levar pelo circuito Pinheiro Machado no dia 20 de fevereiro, é a Piolho de Cobra que já está ensaiando as marchinhas do bloco para mostrar que a tradição será mantida.
HISTÓRIA

O bloco carnavalesco Galo da Meia Noite nasceu praticamente como bloco de sujo no carnaval de 1993. A carnavalescas Magna Maria uma pernambucana da gema, que antes de vir para Porto Velho participava da diretoria do famoso bloco "Galo da Madrugada" em Recife, convenceu a galera que frequentava o "Bar do 100... Pescoço" no bairro Caiari, a criar um bloco no estilo do bloco pernambucano. Assim nasceu o "Galo da Madrugada", isso mesmo, o hoje Galo da Meia Noite nasceu com o nome do bloco de Recife. Acontece que o nosso “Galo da Madrugada”, apesar do nome, desfilava apenas com instrumentos tocando samba, não tinha nada de frevo pernambucano, até porque, seus integrantes eram remanescente do bloco de enredo "Mocidade do Caiari". Em novembro do mesmo ano, por sugestão da dona Zilá e da Suely o nome foi trocado, para "Galo da Meia Noite" e, em virtude do carnaval da praça, promovido desde 1989 pela Projeson na praça das Caixas D’água; do desfile da Banda do Vai Quem Quer que acontece no sábado e dos desfiles das escolas de samba Pobres do Caiari, Diplomatas do Samba e Castanheira que polemizavam a cidade, a alternativa encontrada pelos foliões do Galo da Meia Noite foi desfilar na quinta feira.
O desfile do Galo da Meia Noite consta do calendário do carnaval oficial 2020, distribuído pela prefeitura de Porto Velho, via Funcultural. Será na quinta feira dia 20 de fevereiro.

Nenhum comentário