URGENTE

LUTO Arlindo Júnior, o eterno Pop da Selva, morre 51 anos

 
Levantador de toadas lutava desde 2016 contra o câncer e faleceu na noite deste domingo, no Hospital Samel.

   Morreu, na noite deste domingo, o cantor Arlindo Júnior. Aos 51, ele vinha enfrentando uma luta contra o câncer e faleceu no Hospital Samel, onde deu entrada há dois dias.

Um dos maiores nomes da história do boi-bumbá no Amazonas, Arlindo Júnior vinha enfrentando uma dura batalha contra o câncer desde 2016. Descoberta inicialmente nos pulmões, a doença avançou para os ossos e também para o cérebro.  Ele fazia acompanhamentos em São Paulo e Manaus.

Levantador de toadas e apresentador do Caprichoso, Arlindo Júnior dedicou mais de 30 anos da sua vida ao boi-bumbá. Ganhou o apelido, nos anos 90, de Pop da Selva, por inserir, nas toadas, elementos e instrumentos da música pop. Sucesso absoluto, ele era admirado tanto pelo lado azul quanto pelo vermelho do Amazonas.

Nenhum comentário