URGENTE

HUMAITÁ REFORÇA EXPEDIÇÃO EM DEFESA DAS RETOMADAS DAS OBRAS DA BR 319

A expedição em defesa da retomada das obras de restauração da BR 319, ligando Porto Velho a Manaus (AM), partiu na tarde de segunda-feira (26), da capital rondoniense.
Formada por políticos, empresários e jornalistas, a caravana busca chamar a atenção da União para a importância da rodovia, integração da Amazônia e corredor econômico e de turismo na região.
E a Assembleia Legislativa tem encabeçado essa luta em defesa da retomada das obras. Ombreados nesse ideal de desenvolvimento, 14 dos 24 deputados estaduais se juntaram ao grupo que partiu com o destino à capital amazonense.
O presidente da Assembleia, Maurão de Carvalho (PP), estava acompanhado dos deputados estaduais Hermínio Coelho (PSD), José Lebrão (PTN), Edson Martins (PMDB), Adelino Follador (DEM), Airton Gurgacz (PDT), Só na Bença (PMDB), Lazinho da Fetagro (PT), Luizinho Goebel (PV), Aélcio da TV (PP), Alex Redano (SD), Ribamar Araújo (PT) e Dr. Neidson (PTdoB). O deputado Jesuíno Boabaid (PTdoB) era esperado em Humaitá (AM) para se integrar à comitiva.
“Todos juntos no mesmo ideal, em defesa dessa rodovia, que é importante para Rondônia, Amazonas e Roraima. É um elo de negócios, que já contribuiu com o desenvolvimento da região, mas que foi fechada e hoje a população clama a sua reabertura. Por isso a Assembleia está em peso unida nesta luta”, destacou Maurão.
De Rondônia, além de empresários e industriais, integram a caravana os senadores Acir Gurgacz (PDT) e Valdir Raupp (PMDB); os deputados federais Marinha Raupp (PMDB) e Lúcio Mosquini (PMDB) e o vice-governador Daniel Pereira (PSB).
Humaitá recebe caravana
Na entrada de Humaitá, cidade ligada a Porto Velho via BR 319, com asfalto em boas condições, a comitiva foi recepcionada por autoridades locais e a população, ansiosa pela conclusão dos serviços de pavimentação.
O prefeito de Humaitá, Dedêi Lobo (PMDB), declarou que a força de todos é decisiva para que as obras sejam retomadas. “Aqui, estamos dando as mãos para reforçar esse clamor de Humaitá, do Amazonas e de Rondônia”, completou.
Para a senadora amazonense Vanessa Grazziotin (PCdoB), é inaceitável que uma rodovia construída há 40 anos seja fechada. “Ninguém pode nos dizer que não podemos reconstruir essa estrada, que significa desenvolvimento para toda uma região”, acrescentou.

Nenhum comentário