URGENTE

MORADORES DO BAIRRO LAGOINHA CORREM RISCO DE SEREM DESAPROPIADOS

www.cadernodestaque.blogspot.com
Cerca de 150 moradores do bairro Lagoinha, da região leste da cidade, realizaram ato público de protesto na Câmara Municipal na manhã desta quarta-feira. Eles reivindicam a posse de uma área onde eles residem há pelo menos 15 anos e que agora está sendo requerida por uma empresa.
De acordo com líderes comunitários, a área pertencia à empresa Chagas Neto Negócios Imobiliários, mas a empresa faliu em 2004. Outra empresa com o nome de Hidros Negócios Imobiliários diz que é dona da área e montou um escritório na Mamoré como forma de pressionar os moradores a regularizar lotes.
Segundo os líderes, um representante da Hidros está visitando as residências ou mesmo deixando papéis debaixo da porta dos imóveis, ameaçando entrar com medida judicial de desapropriação da área com uso de força policial e não negocia diretamente com os moradores.
Uma comissão de moradores foi recebida pelos vereadores e mais denúncias foram feitas e que serão levadas ao conhecimento das autoridades. Os moradores pediram ajuda da Câmara para que interceda junto à Prefeitura e assim conseguir a regularização da área
Na área reivindicada pela Hidros residem 500 famílias e que correm o risco de serem despejadas. As casas já estariam sendo negociadas com terceiros, sem conhecimento e consentimento dos moradores. Todos alegam que não têm para onde ir e temem virar sem-tetos.
Outros moradores acusam a Semur – Secretaria Municipal de Regularização Fundiária –de estar jogando ao lado de grileiros, legalizando áreas para loteamentos e se tornado um verdadeiro banco de negócios imobiliários. Os moradores pretendem formular esta denúncia ao Ministério Público do Estado.


Nenhum comentário