URGENTE

CÔNSUL DA BÉLGICA PETER CLAES VISITA PORTO VELHO


O cônsul Peter Claes com o superintendente da Setur, Júlio Olivar

O cônsul geral da Bélgica no Brasil, Peter Claes, está cumprindo uma agenda de visitas de cortesia a Rondônia. Nesta quarta-feira, 16, ele se reuniu com o governador Confúcio Moura (PMDB), no Palácio Presidente Vargas. Falaram sobre políticas internacionais e particulares bilaterais. Confúcio aproveitou para relatar traços da história e do momento sócio-econômico do estado. Eles trocaram elogios, presentes e saborearam sucos de frutas regionais. Peter Claes convidou Confúcio a conhecer seu país. “Seria uma honra recebê-lo. Aliás, recebemos muitos brasileiros; em todos os lugares sempre há alguém falando o português do Brasil, país que temos entre os mais amigos. Afinal, o Brasil foi o primeiro a reconhecer nossa independência, em 1831”, afirmou. Logo após o encontro com o governador, o cônsul seguiu para alguns pontos históricos de Porto Velho. Acompanhado do superintendente estadual de turismo, Júlio Olivar, Peter Claes visitou o complexo Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, a Igreja de Santo Antônio, as “Três Marias” (antigas caixas d’água que abasteciam a cidade) e admirou o pôr-do-sol do Rio Madeira, que ele pessoalmente chegou a fotografar. Olivar também conduziu Peter ao canteiro de obras do CPA (Centro Político Administrativo), que ainda neste ano abrigará toda a estrutura do Poder Executivo Estadual. O cônsul se reuniu, ainda, com diretores da Federação da Indústria do Estado de Rondônia, prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho (PT), entre outras autoridades e instituições. Admirador da cultura brasileira, Peter pretende conhecer nesta quinta um pouco mais das tradições e pediu para ser apresentado, em especial, a algum grupo indígena local. “Tive uma ótima impressão de Rondônia. Saboreei um peixe dourado, maravilhoso. Percebi o enorme potencial econômico do estado e acredito que Rondônia possa ocupar um papel central nas discussões acerca do meio ambiente mundial. Também achei muito interessante os contrastes. Deste local tão bucólico (referindo-se à igrejinha de Santo Antônio), que é o marco-zero de Porto Velho, vemos do outro lado do rio a imponente usina de Santo Antônio, uma das maiores obras do mundo; é a tradição tão perto do progresso”, comentou. Peter Claes tem 46 anos e atua como cônsul desde os 30, tendo passado por cinco países até chegar ao Brasil dois anos atrás. O Consulado Geral do Reino da Bélgica no País é sediado em São Paulo.

Nenhum comentário