URGENTE

VAL FERREIRA E IVONE CASSOL DA UVERON LANÇAM NATAL SOLIDÁRIO 2009

Marly Cahulla, Cecília (SP), Marly Sismeiro, Maria Eliza, Val Ferreira e
Ivone Cassol ( 1ª Dama do Estado de Rondônia).
A União dos Voluntários de Rondônia (Uveron), presidida pela advogada Val Ferreira, realizou nesta quinta-feira (29), as 9:00 horas, no auditório do Ministério Público, em Porto Velho, o lançamento da Campanha "Natal Solidário" 2009, que tem por objetivo tornar mais alegre as festividades de final de ano de milhares de famílias de baixa renda.
A ação social, conforme lembrou a presidente de honra da Uveron, primeira dama do Estado Ivone Cassol, iniciou-se em 1994 com o nome de Natal sem Fome como parte da Ação da Cidadania coordenada nacionalmente pelo sociólogo Betinho e em Rondônia pela Fundação Zequinha Araújo.
Na época, com poucos parceiros e um número pequeno de comitês de bairros, as atividades eram basicamente de sensibilização da comunidade para ajudar aos mais carentes sem grandes ações para a arrecadação de alimentos. Posteriormente a campanha ganhou novo impulso com a implantação do sorteio de brindes e várias atividades voltadas à arrecadação de alimentos e a partir de 2004 consolidou-se como uma das maiores ações sociais com a parceria da Uveron, que por sua vez conquistou a adesão de
várias empresas e
organizações sociais.
Com a mudança do foco da campanha, que passou a ser mais ampla com a arrecadação também de brinquedos, a Ação da Cidadania em 2006 passou a ser denominada de Natal Solidário, que atualmente compreende três ações principais, que são: doação de cestas montadas com os alimentos arrecadados através da troca por cartelas numeradas; doação de brinquedos para as crianças e sorteio filantrópico de brindes para as pessoas que trocam um quilo de alimento não perecível pela cartela numerada.
Em 2008, segundo Ivone Cassol e Val Ferreira, foram arrecadados 100.060,532 Kg de alimentos e 15 mil brinquedos, que beneficiaram mais de dez mil famílias com cestas e distribuição em escolas comunitárias, creches e instituições de assistência social. A estrutura contou com 80 comitês formados por associações de bairro e entidades assistências, 76 escolas da rede pública estadual, 10 supermercados, 41 órgãos públicos estaduais e federais, onde funcionaram os postos de troca, além de mais de 30 parceiros da iniciativa privada e Banco do Brasil que fizeram doações.
Autor: DECOM - Departamento de Comunicação Social

FOTO: NEY CUNHA

Nenhum comentário