URGENTE

SENADO APROVA PEC DA TRANSPOSIÇÃO DOS RONDONIENSES E EXPEDITO JR É HOMENAGEADO

Em um clima de saudosismo pela saída do senador Expedido Junior (PR - RO), que teve o mandato cassado hoje pelo STF, a PEC da Transposição, que permitirá a incorporação de mais de 15 mil servidores rondonienses aos quadros da União, foi aprovada em dois turnos por unanimidade. Logo após o anúncio do resultado final da segunda votação, por 53 a zero, membros da comissão intersindical explodiram em alegria dentro do plenário do Senado. Como havia dito após saber da notícia de sua cassação, Expedito Junior sai com o vitorioso do Senado e foi homenageado por vários líderes de bancada pelo trabalho feito durante o tempo em que ficou no cargo. Dentre o trabalho do senador estão a luta pela dívida do Banco Beron e a atividade que regulamenta a atividade mototaxista em todo o País. Após o anúncio do resultado, o presidente da Casa, José Sarney (PMDB - AP), disse que irá providenciar o mais breve possível a promulgação da PEC da Transposição. Durante a sessão, o líder do PSDB no Senado, senador Arthur Virgílio, leu um manifesto assinado por todos os líderes sindicais representativos do serviço público rondoniense agradecendo pela aprovação da PEC. "Essa (a transposição) o povo de Rondônia vai ficar te devendo", disse Virgílio. O texto aprovado é um substitutivo da Câmara dos Deputados a proposta da senadora Fátima Cleide (PT-RO) que altera o artigo 89 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias.Segundo o relator, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), o texto definido pelos deputados explicita e deixa livre de dúvida quais os servidores públicos e os militares do então território que serão transferidos para o quadro em extinção da Administração Pública Federal.

Nenhum comentário