URGENTE

BELÉM É A PRIMEIRA CIDADE DA REGIÃO NORTE A RECEBER SINAL DE TV DIGITAL

Cinco emissoras de televisão de Belém receberam nesta terça-feira (4) a autorização do Ministério das Comunicações para transmitir sua programação em sinal digital. Os termos de consignação de canais de TV Digital foram assinados pelo ministro das Comunicações, Hélio Costa.
Belém é a 17ª capital brasileira e a primeira cidade da Região Norte a receber os sinais digitais de alta definição. A partir da consignação dos canais, as emissoras têm até 18 meses para preparar o projeto de engenharia necessário para o início das transmissões em caráter definitivo.
O ministro Hélio Costa garantiu que, até o fim deste ano, todas as capitais brasileiras estarão aptas a transmitir o sinal digital, além de 30 cidades-polo. Segundo ele, até 2014, o sistema deve estar implantado em todas as cidades, pois, em 2016 o sistema de transmissão analógico será desligado.
"A TV Digital é a modernidade da comunicação, sobretudo porque abre espaço para fazer uma comunicação direta, multiplicação de canais nas TVs públicas: o Canal da Cidadania, a TV da Educação, a TV da Cultura. Tudo isso é possível graças à digitalização", destacou.
Para o representante da Associação Paraense de Emissoras de Rádio e Televisão (Apert), Camilo Afonso, a implantação da TV Digital na região amazônica é uma conquista. "Fazer televisão na Amazônia já é um desafio, fazer TV Digital é um desafio maior ainda", observou.
As quatro emissoras do Pará que receberam a consignação dos canais digitais são a Rádio e Televisão Marajoara, a Televisão Liberal e o Sistema Clube do Pará de Comunicação. Também foi assinado um protocolo de intenções com a Fundação de Telecomunicações do Pará (Funtelpa).
De acordo com o Ministério das Comunicações, 21 cidades brasileiras já transmitem a TV Digital em caráter definitivo: São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Goiânia, Porto Alegre, Curitiba, Campinas (SP), Cuiabá, Salvador, Florianópolis, Vitória, Uberlândia (MG), São José do Rio Preto (SP), Teresina, Santos (SP), Brasília, Campo Grande, Fortaleza, Recife, João Pessoa e Sorocaba (SP).
Pouco mais de um ano e meio após seu lançamento, em São Paulo, a TV digital é vista por apenas 3% da população brasileira. O sistema está presente em 22 cidades/metrópoles, onde se concentram 53% dos 53,4 milhões de domicílios com TV. Nesses domicílios, vivem 95,2 milhões de pessoas, ou 49,8% da população brasileira.
A Globo é a rede com maior cobertura digital. Seu sinal cobre 46,5% da população, e chega agora à região Norte, a partir da afiliada Televisão Liberal. A Record cobre 22% da população, porém está restrita a cinco capitais (SP, Rio, Belo Horizonte, Goiânia e Aracaju). SBT e Rede TV! cobrem 19,4% da população e a Band, 15,7%.
A TV digital brasileira estreou oficialmente em 2 de dezembro de 2007, com uma festa para políticos e radiodifusores na Sala São Paulo (centro). Cerca de um ano depois, '[0,3% da população]':http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u463942.shtml tinham acesso ao sinal.
A interatividade, divulgada como principal chamariz do sistema para este semestre, só deve chegar efetivamente aos televisores em 2010, segundo o Fórum SBTVD (Sistema Brasileiro de TV Digital). Ainda de acordo com o órgão, existem 1,6 milhão de receptores de televisão digital no Brasil.

Nenhum comentário