URGENTE

CAPITAL TERÁ 100% DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA ATÉ 2009

Jornalista Pinheiro de Lima, Presidente da ENDUR Mário Sérgio e a apresentadora Alesângela Lima em entrevista ao vivo na REDE TV RONDÕNIA.
O vereador licenciado Mário Sérgio, presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (EMDUR) anunciou na noite desta terça-feira (23/06) o programa para iluminação de 100% de Porto Velho. O anuncio foi feito durante entrevista ao programa Rede de Opinião, apresentado por Alesângela Lima, levado ao ar pela Rede TV Rondônia. A EMDUR que começou o ano com um orçamento de R$3 milhões, recebeu um aditivo de R$ 4 milhões oriundos de verbas compensatórias das hidrelétricas, totalizando r$ 7 milhões que serão aplicados totalmente em iluminação pública. Com relação ao veto do prefeito a lei de sua autoria que proíbe a Ceron de instalar medidor digital, Mário Sérgio explicou "o prefeito alegou que a competência para legislar sobre o assunto é do Congresso Nacional. Mesmo assim fui buscar no Código de Defesa do Consumidor justificativa para convencer os vereadores à derrubar o veto do prefeito" e consegui. A partir de agora a Ceron só pode instalar medidor eletromecânico.
’"Segundo o presidente “os consumidores que não possuem renda elevada, principalmente, serão os mais beneficiados com essa medida. Pois, quando a Ceron instalou os medidores digitais, suas contas de energia subiram para três vezes mais do que estavam acostumados a pagar”, explicou o vereador licenciado.
Ainda sobre iluminação pública, o presidente confirmou que aparte da BR-364, entre o trevo do Roque e a entrada da Jatuarana já está pronto, o próximo passo é completar o trecho até a Faro, depois, do trevo do Roque até a Unir. Outro programa destacado por Mário Sérgio é a construção de muro e calçada em terreno baldio pela própria empresa e depois cobrado do proprietário. Em obediência a Lei Municipal de autoria do vereador Hermínio Coelho, todos os terrenos baldios serão mapeados, localizados os proprietários, comunicado da necessidade da construção de calçada e muro e estipulado prazo para realização das benfeitorias. Vencido o prazo sem que o proprietário tenha realizado os serviços, a EMDUR fará todo o serviço necessário (muro e/ou calçada) e emitirá boleto bancário em nome do proprietário do imóvel. Por fim Mário Sérgio falou do convênio firmado entre a EMDUR e o titular da Vara de Execuções Penais, que mantém 176 apenados prestando serviços ao município.

2 comentários

Anônimo disse...

Já estamos em julho, alguém está vendo as obras de iluminação pública crescerem? Eu não!
E sobre esta tal proibição da instalação de medidores de luz digitais, nunca li maior baboseira, afinal: 1. Realmente não é competência do município nem do estado legislar sobre isso, tanto que não foi acatado, mentira que a lei foi acatada; 2. A troca dos medidores antigos pelos novos digitais não tem nada a ver com o aumento das contas de energia. A verdade é muito simples e dói: quando os medidores são trocados, em muitas casas que estão desviando energia do medidor antigo e por isso a conta era baixa, o desvio de energia é arrumado e o medidor novo simplesmente passa a medir o consumo correto, aí é claro que a conta aumenta, né... Será que alguém vai ter coragem de fazer uma reportagem sobre a cultura da fraude que parte da população tem aqui na região? Desviam eletricidade, desviam água e sei lá mais o que. Disso ninguém fala e a verdade é que os honestos pagam contas caras porque as empresas repassam em nossas contas os custos com os fraudadores. alguem precisa abordar este tema... mas falar a verdade não dá voto né...

cadernodestaque disse...

valeu a dica amigo... faltou só postar seu nome.. mas um grande abraço....