URGENTE

CHAGAS NETO,PRESIDENTE DO SINDUSCOM AGRADECE LUZ PARA TODOS


Lorena Garcia Mendonça, de 23 anos, é estudante de medicina. Final do Miss Brasil ocorre no próximo sábado, 9 de maio. A candidata que vai representar Rondônia no Miss Brasil 2009, Lorena Garcia Mendonça, de 23 anos, pretende realizar um dos sonhos de sua mãe, que faleceu há cinco anos, ao disputar o título de mulher mais bela do país. A estudante de medicina foi criada sozinha pela mãe, já que o pai, garimpeiro, deixou Rondônia quando a miss tinha 5 anos para viver na Guiana Francesa. “Minha mãe faleceu há cinco anos e ela sempre quis que eu entrasse em um concurso de beleza. Ela acreditava no meu potencial e sempre me dizia que talvez não estivesse comigo quando isso acontecesse. Então, é a realização de um sonho meu e dela também, e tenho certeza que ela está me aplaudindo de onde estiver”, diz ao G1. Lorena é filha única e mora sozinha, próximo à casa da avó. Ela conta que depois de anos sem contato com o pai, em 2006 ele retornou ao Brasil para uma visita e descobriu que a ex-mulher havia falecido. “Desde então ele me dá muito apoio, quer saber como estão as coisas e ajuda nos cursos da faculdade de medicina. Apesar de ter sofrido sozinha, minha mãe sempre disse que quando meu pai aparecesse eu deveria tratá-lo bem, como pai, e foi isso o que eu fiz”, afirma. A Miss Rondônia contou com a ajuda de amigos e da família para ter acesso aos cursos de preparação para o concurso nacional de beleza. “É muito difícil conseguir apoio porque o estado não tem ainda tradição no concurso, mas consegui tratamento de estética, academia, aulas de passarela, de etiqueta, de como me vestir e como me expressar”, diz. Hoje, o maior sonho da estudante, que mantém a forma comendo frutas e peixe, além da coroa de Miss Brasil, é montar uma clínica de obstetrícia no seu estado depois de ser formar. A final do concurso Miss Brasil acontece no próximo sábado, 9 de maio, em São Paulo. Concorrem ao título 27 candidatas, cada uma representando o seu estado e o Distrito Federal. A vencedora representará o Brasil no Miss Universo, em agosto, no Caribe, além de ter garantidos R$ 200 mil em contratos de trabalho durante o reinado. Atualmente, o título de Miss Brasil pertence à gaúcha Natália Anderle.

Um comentário

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.