URGENTE

SENADORA FATIMA CLEIDE

Entrevista concedida ao portal Rondoniadinâmica
Rondônia vive sua melhor fase, em termos de desenvolvimento, figurando no cenário nacional com taxa de crescimento econômico anual acima do índice almejado pelo país
Rondônia vive sua melhor fase, em termos de desenvolvimento, figurando no cenário nacional com taxa de crescimento econômico anual acima do índice almejado pelo país, se destacando com saldo de 1.060 novos empregos com carteira assinada, só no mês de janeiro passado, de acordo levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), e um boom de investimentos bilionários em obras estruturantes no Estado
Todo esse cenário proativo, traçado pela senadora Fátima Cleide (PT) durante visita a redação do Rondoniadinamica, tem um responsável: o governo do presidente Luís Inácio Lula da Silva, que se prepara para cumprir agenda no Estado, provavelmente no próximo mês.
“Graças ao presidente Lula Rondônia pode comemorar esse novo ciclo de desenvolvimento, apesar dos reflexos da crise internacional sentida no restante do país que já registra, com exceção de oito estados, mais de cem mil demissões”, afirma a senadora, incluindo o trabalho dos parlamentares petistas e da bancada federal para creditar ao Governo Lula à nova realidade de Rondônia.
Mesmo com esse quadro favorável, a senadora alega que o Estado poderia ter alcançado um patamar ainda mais elevado se tivesse planejamento. “Não se tem no Governo de Rondônia planejamento. Chegamos a esse patamar graças ao planejamento estratégico do Governo Federal que nos enxerga no contexto da geoeconomia e da importância que nosso Estado tem para a Amazônia Legal e para os países Andinos, nossos vizinhos de fronteira”, afirma Fátima Cleide.
Em razão disso, segundo a linha de raciocínio da senadora, o Governo Federal investiu no complexo rio Madeira, onde duas usinas hidrelétricas estão sendo construídas – um investimentos de mais de R$ 9,5 bilhões, responsável por cerca de 50 mil novos postos de trabalho direto e indireto -; construção de pontes com licitações previstas a partir de março pelo Departamento Nacional de Infra-estrutura e Transportes (Dnit), uma em Porto Velho interligando a BR 319, sentido Humaitá e Manaus, outra binacional em Guajará-Mirim que interligará a Bolívia; as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para saneamento e água tratada, mais de meio bilhão só na capital; duplicação da BR 364 com inclusão de viadutos (trabalho da senadora) para desafogar o trânsito ainda em Porto Velho ; anel viário de Ji-Paraná, pavimentação das rodovias federais.
“São enormes os investimentos maciços do Governo Federal aportados aqui, mas infelizmente faltou planejamento do Governo Estadual como contrapartida. Para preencher essa lacuna nos antecipamos, nesse tempo, com nosso trabalho, ao defendermos as escolas técnicas federais, isso lá em 2003, para assegurar o treinamento da mão de obra qualificada para esses investimentos que o Governo Lula previu e está executando em nosso Estado ”, afirma a senadora Fátima Cleide reclamando os créditos ao Governo Lula para as obras, e o boom de crescimento econômico, responsável pelo novo cenário de Rondônia.

Nenhum comentário