URGENTE

Deu na Folha de São Paulo: Exército toma área "invadida" pelo governador de Rondônia


Cento e vinte fuzileiros armados da 17ª Brigada de Infantaria de Selva ocuparam, na madrugada de domingo, um terreno numa área nobre do centro de Porto Velho que o Exército afirma ter sido invadido pelo governo de Rondônia. O governador Ivo Cassol (afastado do PPS) havia determinado que operários de uma empreiteira reiniciassem ali as obras de um teatro inacabado: no sábado, eles chegaram a cercar o terreno com tapumes. O comandante do CMA (Comando Militar da Amazônia), general Heleno Pereira, afirmou que o governador Ivo Cassol mandou cercar a propriedade sem qualquer tipo de consentimento do Exército, caracterizando invasão de terras da União, crime previsto no Código Penal Militar. "O governador resolveu criar um fato consumado. Nós decidimos retomar o terreno e empregamos a tropa", disse o general Pereira.

Nenhum comentário